Turma de noventa!


junho 2, 2009, 1:34 am
Filed under: Uncategorized | Tags: ,

E quem não adorava assistir Malhação que atire a primeira pedra. Os finais de tarde dos anos noventa começavam embalados pela música de Lulu Santos, e os telespectadores paravam na frente da televisão para ver mais um episódio do seriado. Malhação estreou no ano de 1995 e continua no ar até hoje, mas convenhamos com muito menos graciosidade. Quando estreou, as histórias de adolescentes tinham como plano de fundo uma academia, justificando o nome do seriado, que revelou artistas como como Carolina Dieckman, Danton Melo e Luana Piovani.

Se recordar é viver, fica a dica da abertura de Malhação do ano de sua estreia e vejam a evolução no vídeo de abertura. A música “Assim caminha a humanidade” do Lulu Santos porém, é bem melhor que a atual.

A chamada para o primeiro episódio mostra bem os temas que são abordados pelo seriado, que aliás, não mudam nunca, só se adaptam a sua época.

Anúncios


maio 12, 2009, 4:27 pm
Filed under: Uncategorized

Bons tempos em que fração era seu maior desafio e a aulas de matemática seu pior pesadelo! Feliz era você, uma criança no ócio, que se achava um artista nato por assistir Arte Mania ou um cientista por entender as experiências do Beakman

Você torcia para o Coração Gelado se dar mal e os Animais do Bosque do Vintém chegarem sãos e salvos em um lugar livre das crueldades do homem?  Eu também! HÁ! Você era uma mocinha que participava de um “grupo cover” das Spice Girls e colecionava revistas com matérias dos Backstreet Boys (se o seu preferido for o Nick, bate aqui, colega!)? Escrevia no diário seus amores platônicos, mas era membro de um quase-Clube da Luluzinha? Se para você feminismo era odiar os meninos (e dizer isso para todo mundo, lógico!), e participar do “time feminino” de queimada da escola (que era sempre campeão!), tá no lugar certo!

Mas o mundo foi cruel e você cresceu. Então esqueça essa parte e finja que nada disso aconteceu! Estamos aqui para isso…

            Assim como os loucos pelos anos 80, nós gostamos mesmo é da década de 90!